Para aproveitar ao máximo todo o potencial oferecido pelas plataformas de Trading, alguns conceitos devem ser levados em consideração. Um deles é o Slippage que influencia sua experiência de uso e resultados, por isso aqui contaremos tudo sobre este conceito.

➜ A definição de Slippage

Também conhecido como deslizamentoDevido à sua tradução para o espanhol, o Slippage é um conceito que você pode conhecer na prática, mas como tal seu nome às vezes é difícil de lembrar.

Definir Slippage é muito simples porque se trata de a diferença entre o preço de compra e venda esperado, que aparece quando você coloca uma operação ou pedido, e o preço pelo qual é realmente executado. E devemos lembrar que se há algo que distingue os mercados é o seu dinamismo, já que eles mudam repentinamente e continuamente.

Devemos lembrar que no tempo que levamos para fazer um pedido, por exemplo, o mercado já mudou muitas vezes. Por isso o tempo de transmissão entre o usuário e a corretora, também conhecido como latência ou velocidade, deve ser o mínimo para reduzir o Slippage. Isso se traduz em maior eficiência e certeza (e velocidade) em suas operações.

O que é derrapagem ou derrapagem

Os deslizamentos podem ocorrer a qualquer momento, embora sejam mais comuns quando há maior volatilidade e menor liquidez; por exemplo, o mercado de CFDs é o que tende a apresentar maior derrapagem. Devemos estar atentos às novidades e mudanças, pois os mercados estão sempre em constante evolução com muitos altos e baixos, com oscilações constantes.

➜ Por que os deslizamentos são gerados?

Muitas são as situações que geram derrapagens, estas são as principais:

  • ✅ O ativo ou título muda repentinamente de preço enquanto você está colocando seu pedido, geralmente devido à execução de outras operações por outros negociadores.
  • ✅ A corretora onde você opera simplesmente não consegue encontrar uma contraparte, então faça sua oferta com o melhor preço possível, o que acontece devido à volatilidade dos mercados. Aqui também podemos localizar as diferenças entre os preços.
  • ✅ Não há GAPS (espaços) entre o preço de fechamento e o preço inicial da operação.
  • ✅ Existem plataformas de corretoras que deslizam ou escorregam com o menor preço possível para obter mais lucros.
  • ✅ A velocidade de transmissão de dados e a rede de internet são essenciais. Se a conexão for lenta, isso pode levar a mais deslizes.
  • ✅ Você não está criando os pedidos corretamente.

É preciso ter em mente que os mercados são muito voláteis, especialmente em situações como crises ou conflitos econômicos ou políticos (como é o caso do petróleo e do ouro). É por isso que as causas do Slippage podem variar significativamente com o tempo, a situação atual e o corretor.

➜ Tipos de deslizamento

Existem diferentes deslizes o que, acredite ou não, pode ser benéfico, mas também Existem Deslizamentos que são negativos, portanto, você deve saber e saber como identificar deslizamentos para ser cauteloso, ou, pelo contrário, aproveite-os se forem Deslizamentos positivos.

Uma derrapagem negativa acontece quando, por exemplo, você abre uma negociação a $ 1 e ela acaba sendo executada a $ 2. Isso significa que o preço inicial e o preço final mudaram significativamente, o que foi uma perda para você. O grau de derrapagem negativa pode variar dependendo da situação do mercado.

Deslizamento explicado

Por outro lado, o slippage positivo ocorre quando esse fenômeno acontece ao contrário, isso mesmo, você acaba comprando um ativo ou uma ordem a um preço menor do que o esperado. Esse tipo de derrapagem é raro e, claro, muitos corretores não devolvem o saldo a seu favor.

➜ 💡 Como evitar o deslizamento?

Para evitar derrapagens, mantenha estes pontos em mente:

  • 🖐️Baixa volatilidade e mercados mais líquidos

Uma das causas frequentes de slippage é devido à alta volatilidade dos mercados. Para reduzir o risco de derrapagem, você deve procurar mercados que sejam muito menos instáveis ​​e flutuantes.

Por exemplo, o Forex pode ser uma boa opção, já que este mercado oferece menos volatilidade. Ter liquidez elevada é outro ponto que você deve levar em consideração, pois isso o ajudará a reduzir o slippage.

  • 🖐️Evite momentos de incerteza

O que acontece quando você compra ativos como petróleo no meio da guerra no Oriente Médio? Ou o que acontece quando você decide investir em ações de empresas no meio da guerra comercial? Isso mesmo, você pode ser vítima de um Slippage negativo, pois esses ativos estarão em um balanço de altos e baixos devido à instabilidade do mercado.

Para evitar ser vítima de deslizamentos de terra, você deve aprender a agir, na medida do possível, em momentos de menor incerteza, ou pelo menos em mercados que não estão em plena crise. Embora possa ser difícil no início, a prática o ajudará a melhorar.

  • 🖐️Pedidos corretos

Existem diferentes tipos de ordens que podem ajudá-lo a tornar a negociação na sua corretora muito mais segura, evitando o Slippage. Por exemplo, as ordens pendentes são executadas apenas quando certas condições são cobertas, as quais você definiu anteriormente como um preço ou certa estabilidade.

Outro tipo de ordem que pode ajudar a reduzir o risco de derrapagem é a ordem de entrada de limite. Este tipo de oferta é uma espécie de programação onde a oferta só é executada se o ativo atingir o preço indicado ou se for ainda melhor do que o que definimos como limite.

  • 🖐️Um corretor de confiança 🔍

Por fim, uma das técnicas que mais o ajudarão a reduzir o risco de slippage é negociar por meio de uma corretora de confiança que tem a opção de evitar slippage. Isso é essencial para que suas operações ocorram sem problemas.

Um ótimo exemplo são as corretoras com conexões de alta velocidade que agilizam a transmissão de dados e os pedidos, reduzindo o risco de derrapagem.

📌 Você também deve levar em consideração a velocidade da sua internet, a velocidade do seu aparelho (seja um computador, tablet, celular), as condições da plataforma e suas funções, bem como o mercado em que atuam. 📌

Anuncie conosco

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *