Corretor de Bux

Como se proteger contra golpes financeiros? Dicas fáceis ✓

O aumento de golpes financeiros em todo o mundo é um perigo latente, pois estão em constante crescimento e multiplicação dia após dia. Os fraudadores fazem uso de metodologias avançadas e confiáveis ​​usando a tecnologia para enganar e roubar dinheiro e/ou dados pessoais de milhares de pessoas que caem em sua armadilha.

Embora o panorama pareça sombrio, há muito a fazer ao nível da autoproteção e também de cuidar dos que nos rodeiam.

✓ dicas:

❌ Nunca acesse esses tipos de situações:

  • Eles entram em contato (via telefone, correio, mensagem de texto ou redes sociais) sem que você tenha solicitado esta informação, serviço ou ligação. Desligue imediatamente e não dê a outra pessoa a chance de falar mais. 
  • Eles o informam que ele terá muito a ganhar, muito a perder (uma grande oportunidade) e que essa oportunidade é única e que não se apresentará no futuro. Tudo isso, para convidá-lo a entregar informações ou dinheiro o mais rápido possível.

Olho! Na realidade, qualquer empresa séria sempre lhe dará tempo para pensar em qualquer opção de compra ou investimento.

  • Eles solicitam dados inesperadamente: Parecem empresas sérias ou mesmo algumas podem ser empresas ou organizações com as quais você tem ou teve algum tipo de relacionamento, mas solicitam informações adicionais de você que não deveriam, como: números de cartão de crédito ou débito, RG completo.

Lembre-se: Esses dados nunca podem ser solicitados por nenhum tipo de instituição e menos financeira, a única forma é quando você liga diretamente e solicita assessoria ou atendimento.

  • Solicite com pressa ou urgentemente contratar seus serviços, fazer um empréstimo no banco para poder investir ou participar de um negócio ou pedir dinheiro a amigos ou parentes para entrar o mais rápido possível.

nunca faça isso! Essas pessoas sem escrúpulos sabem que quanto mais opções derem para você parar e analisar, menos opções terão para enganar, então tentarão fazer tudo acontecer o mais rápido possível.

➔ Casos comuns de golpes:

  • Da família ou amigos: pessoas muito próximas a você têm acesso às suas senhas, suas informações financeiras ou seu dinheiro e as usam para seus fins pessoais. Você sempre tem que cuidar das informações financeiras e trocar as senhas com frequência.
  • Chamada de alguém em perigo: Os golpistas se passam por um amigo ou membro da família em uma situação em que você está em perigo ou precisa de uma grande quantia de dinheiro para evitar a prisão, fechar um negócio ou pagar a um amigo que lhe devia dinheiro. 
  • Fraudes românticas: o golpista ou golpistas começam a tecer uma relação de confiança e sentimental com uma pessoa, geralmente solitária. Esse contato é gerado por meio de um site de namoro, aplicativo de namoro ou redes sociais em geral. O golpista diz que mora em outro país ou cidade, então certamente não se verá fisicamente, usa fotos que não são suas ou só se vê em vídeo. De repente, essa pessoa se encontra em um aperto e precisa urgentemente de dinheiro (quando já conquistou sua confiança), isso será solicitado por meio de uma transferência, seus dados de cartão, envio de criptomoedas. Depois peça mais, mais até que a pessoa perceba que está sendo enganada. 
  • Golpes de pagamento antecipado:  Nessa modalidade, eles pedem que você pague prêmio em dinheiro ou dinheiro de maior valor que você vai receber (que você acaba nunca recebendo). Isso geralmente está relacionado a loterias, sorteios e oportunidades de investimento não confiáveis. 
  • Prêmios ou concursos: le eles relatam que você foi o sortudo vencedor de um concurso ou prêmio (no qual você não participou) e eles explicam que para reivindicá-lo você deve pagar impostos, taxas alfandegárias ou algum valor para poder reivindicar seu suposto prêmio. Eles geralmente solicitam as informações da sua conta bancária ou solicitam que você faça uma transferência. Eles também dizem que você pode usar cartões-presente por causa de sua falta de rastreabilidade.

✓ O que fazer se você for vítima de um golpe?

  • Não fique de braços cruzados é o primeiro. Existem associações ou órgãos de defesa do consumidor nesse tipo de situação que podem fornecer ajuda e orientação. 
  • Consulte com conselheiros financistas confiáveis ​​ou com seu banco de convites para investir para saber se são legítimos ou não. 
  • Fale com o seu banco o mais rápido possível, existem mecanismos para protegê-lo como cliente do banco e você pode receber seu dinheiro de volta. 
  • Denuncie às autoridades competentes, pode ajudar muitas outras pessoas a não cometerem o mesmo erro.

✓ Como se cuidar e evitar ser enganado?

 

  • Não confie em qualquer comunicação que chegue até você que você não solicitou. Não responda mensagens de pessoas que você não conhece, ou ligações.
  • Verifique as páginas da web que você visita, por exemplo endereços que começam com http sem o (s), não são muito seguros, então você não deve fornecer suas informações lá.  
  • Altere suas senhas regularmente e-mail, contas bancárias, amazon, gmail, etc. Não use a mesma senha para tudo. 
  • Nunca concorde em pagar nada com cartões-presente, são uma das opções mais utilizadas pelos golpistas.  
  • Não aceite serviços que você inicialmente não queria contratar. 
  • não aceite prêmios concursos em que não participou. 
  • não clique nos links de páginas da web que dizem "CLIQUE AQUI" ou abre e-mails de estranhos. 
  • Informe-se sobre qualquer empresa que solicite informações, ligando diretamente para os números oficiais ou no site oficial. 
  • verifique os detalhes: má ortografia, pouco conhecimento técnico, má forma de se expressar.


Corretor de Bux

Anuncie conosco

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.