Anuncie conosco

Se você investiu ou está começando no mundo dos investimentos e da negociação online, certamente já ouviu o termo SWAP. Uma grande parte do aprendizado sobre como investir online é se familiarizar com a terminologia do mundo do comércio. Neste artigo, iremos explicar, de uma forma muito simples, o significado da troca.

O que é swap na negociação e como funciona?

Un swap é uma ferramenta barata perfeita para investimentos de longo prazo. Esse termo tem existido muito nos últimos anos, principalmente no mundo dos negócios. A seguir, seus diferentes usos e significados no mundo dos investimentos.

Qual é a troca?

A palavra troca vem do inglês e significa literalmente "troca" E é exatamente disso que se trata esta técnica. É baseado em um contrato por meio do qual duas entidades (empresas) concordam em realizar uma troca em moedas ou ativos dentro de um determinado período de tempo.

O que é troca: explicação

Existem duas formas de realizar um contrato de swap: pode ser feito diretamente entre as duas partes ou através de um intermediário (mercado). Essa ferramenta é amplamente utilizada pelas empresas como instrumento de hedge de risco.

Em resumo, um swap é um contrato pelo qual duas pessoas concordam em cancelar uma quantia fixa de dinheiro ou ativos no futuro.

Usos e importância

As trocas são cada vez mais importantes no mundo dos negócios devido aos seus grandes benefícios. Estas, não só permanecem na obtenção de um benefício econômico por meio de uma transação, mas também permitem de alguma forma reestruturar as dívidas da empresa direta ou indiretamente. Esta é a principal razão pela qual é tão popular.

As trocas têm usos diferentes, mas sempre com a mesma finalidade, para obter benefícios. Entre os usos mais comuns que esta prática é dada, encontramos:

  • Tendo um cobertura contra um risco de taxa de juros.
  • Especular: é normal que ao trabalhar com este tipo de ferramentas financeiras busque obter um benefício económico futuro. Ou seja, obtenha mais dinheiro do que foi investido.
  • Troca de mercadorias: há momentos em que uma empresa possui um bem ou recurso que precisa ser trocado por outro. É aqui onde entra em swap e permite realizar a transação adicionalmente, obtendo um lucro.

Tipos de troca explicados

Existem diferentes tipos de swap, dependendo principalmente do ativo que você deseja trocar. No entanto, existem dois que representam 80% das transações deste tipo globalmente porque oferecem os melhores benefícios. 

Troca de taxa de juros

Esse tipo de swap é o mais usado de todos. leste permite a troca de juros sobre empréstimos. Uma parte é obrigada a ter uma taxa fixa e a outra uma variável, dessa forma ambas as empresas se beneficiam de uma taxa de juros mais baixa. Um requisito essencial desse tipo de swap é que ambas as taxas sejam refletidas na mesma moeda.

Diferentes tipos de troca explicados

Troca de moeda 

Muito semelhante ao swap de juros, com a exceção de que este tipo de swap usa moedas diferentes (forex).

Troca de mercadoria

O swap de commodity é semelhante ao swap de taxa de juros. No entanto, isso usa matérias-primas em vez de dinheiro.

Explicamos melhor, com um exemplo: se uma empresa (A) tem petróleo e o oferece em permuta a uma empresa (B), suponha que a permuta seja por um barril que tem um custo de 50 euros.

Terminado o período, o novo custo do barril é revisto, se o seu preço subir, A deve pagar a B a diferença, enquanto se o preço cair, B é quem tem que pagar a diferença a A.

Troca de índices de ações

Seu funcionamento permanece o mesmo, trocando uma atuação de um mercado comum por um tipo de bolsa de valores. Ou seja, dividendos, ganhos e perdas.

Anuncie conosco

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *