Ontologia: tudo que você precisa saber



 

Se há algo sobre criptomoedas como Ontology que veio para ficar, não é apenas o conceito de dinheiro virtual sem um backup de ativo convencional. É também o blockchain ou a tecnologia chamada Blockchain que representa um futuro promissor.

Caminhando nesta linha, podemos encontrar diferentes empresas que têm como objetivo oferecer serviços de desenvolvimento Blockchain além de uma simples criptomoeda. É por isso que encontramos a Ontology, uma plataforma que tem prós e contras que vale a pena avaliar. É por isso que falaremos sobre essa plataforma a seguir.

➡O que é Ontologia? ✨

Podemos definir Ontologia como uma plataforma colaborativa focada em alto desempenho. Seu principal objetivo é permitir que as empresas implementem soluções baseadas em Blockchain com facilidade. Desta forma, é possível criar uma cadeia de blocos públicos e privados que permite operar no Blockchain, mas mantém suas informações confidenciais.

Além de ser uma plataforma que permite às empresas criarem Blockchain, mantendo sempre o controle de seus dados. A Ontology também possui uma criptomoeda própria voltada para a atuação neste mercado, seu nome é Ontology Coin.

O objetivo principal é oferecer aos usuários, empresas, a possibilidade de criar sua própria cadeia de blocos ligada à Ontologia Blockchain principal. Isso permite manter um conjunto de regras personalizadas, bem como a governança de uma mesma rede, aproveitando os benefícios do bloco principal.

Ontology possui semelhanças com diferentes criptomoedas existentes no mercado, como NEO ou Onchain, uma vez que todas essas moedas foram lançadas no mesmo mercado asiático. Da mesma forma, a Ontology tem entre seus desenvolvedores figuras que também participaram do nascimento do NEO, por exemplo, o que os torna semelhantes.

ontologia

➡Diferenças de ontologia versus outras moedas virtuais✨

  • Adaptável: Para muitos, uma das principais vantagens que podemos encontrar na Ontologia é o fato de ser uma plataforma muito adaptável. Assim é, podemos adaptar o blockchain e todas as suas soluções a qualquer negócio.
  • Algoritmo: Uma das maneiras pelas quais os problemas de escalabilidade, desempenho e estabilidade foram resolvidos nesta criptomoeda é através do uso de um novo algoritmo. E é que operar o algoritmo de consenso VBFT permite que a operação do blockchain seja muito mais eficiente e estável.
  • Taxa de transação: Comparado ao Bitcoin, por exemplo, o Ontology oferece uma grande vantagem na taxa de transação. Bitcoin tem um TPS de 7, Stellar atinge 100 TPS enquanto Ontologia excede 5000 TPS. Isso significa que a velocidade e a taxa de transações são muito maiores, melhorando assim o seu funcionamento.
  • Modelo de token duplo: Para recompensar o usuário, Ontology incorpora um sistema Dual Token. Desta forma, se você possui criptomoedas Ontology (ONT Token) você também se torna dono da ONG Coins, o gás desta plataforma. Como você pode ver, seu funcionamento é muito semelhante ao NEO.
  • Simbiose com NEO: NEO e Ontology compartilham uma série de semelhanças, incluindo a forma como ambas as redes e o Blockchain colaboram. Tendo o apoio e suporte da NEO, A Ontologia ganha muito mais confiança sabendo que você está fazendo parceria com um dos sistemas de crescimento mais rápido.
  • Comercial: Por fim, você deve saber que, embora ambas as plataformas se concentrem na busca de usuários, o Bitcoin fica no usuário individual enquanto a Ontologia se concentra nas empresas. Isso para criar mais e melhores soluções Blockchain.

 

➡Tecnologia por trás✨

Embora a Ontology trabalhe através do conceito de Blockchain, ela opera de uma maneira diferente daquela que encontramos em outras criptomoedas. Isso porque aqui O objetivo não é apenas operar um Token, mas criar novos blockchains projetados para serem operados por empresas e vinculados à cadeia principal.

Para isso, é utilizada uma tecnologia de dados depositados na cadeia, que é descentralizada. Isso permite que o processo seja muito mais simples e eficiente, criando pontes entre o Blockchain principal e aqueles criados para empresas sem o uso de terceiros.

A operação desses blockchains concentra-se tanto no uso de uma cadeia pública, a principal Ontologia Blockchain, quanto em cadeias privadas. Isso permite que as empresas tenham maior governança sobre seus dados e informações. É assim que eles diferem de outras moedas, pois operam de forma privada.

Finalmente, vale a pena mencionar que aqui é usado um algoritmo único que combina o melhor de outros algoritmos. Isso mesmo, é operado o algoritmo de consenso VBFT, que reúne elementos dos algoritmos PoS, BFT e VRF em uma única tecnologia.

Ontologia

➡Mining✨

A primeira coisa que você deve saber é que Ontologia não é uma moeda que pode ser explorada, isso porque o Token é controlado pela mesma plataforma. Isso porque o desenvolvedor busca controlar o funcionamento e o valor dessa moeda, garantindo assim que ela não sofra volatilidade.

Embora você também deva saber, em segundo lugar, que é possível gerar um pequeno retorno por ter moedas armazenadas em sua carteira. Embora a performance não seja gerada no ONT, mas sim nas ONGs, gás desse ecossistema, a performance pode ser atrativa dependendo da quantidade de moedas armazenadas.

➡Como posso obter moedas? ✨

Como as moedas virtuais da Ontologia não podem ser mineradas, podemos encontrá-las por meio da compra. Para isso você pode ir a uma das mais importantes casas de câmbio do mundo, já que essa moeda virtual é bastante popular no mercado.

Leve em consideração que a moeda da Ontologia não pode ser trocada por moeda fiduciária, então ela só pode ser operada como uma troca com outras criptomoedas. Pela facilidade que oferece ao operar com essas moedas, bem como pela possibilidade de se criar soluções Blockchain, a Ontologia pode ser uma boa opção.

Anuncie conosco

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *