Maker e Dai: tudo o que você precisa saber




Anuncie conosco

Existem criptomoedas que não nasceram sozinhas, mas foram acompanhadas por inovações como o desenvolvimento de ambientes e plataformas com foco no uso da tecnologia Blockchain. Encontramos isso na Maker e Dai, uma das opções que mais tem surpreendido o mercado.

E é que o Maker, uma plataforma de criptomoedas e Blockchain, não chegou sozinho, mas o fez acompanhado de duas criptomoedas, isso mesmo Dois! Este trio tecnológico parece ser uma verdadeira revelação no mercado. É por isso que aqui vamos contar tudo o que você precisa saber sobre o Maker e o Dai.

▶ O que são Maker e Dai?

Como já antecipamos você, Maker é a plataforma responsável pelo lançamento do Maker (Makercoin) e Dai. Pode-se dizer que o MRK é uma criptomoeda de governança, pois serve para regular o Dai, a moeda virtual destinada a ser utilizada como forma de pagamento.

Ambas as criptomoedas surgiram da necessidade de criar uma criptomoeda que seja muito menos volátil e que, mais distante, tem o apoio do dólar. Isso para surfar nas flutuações do mercado e assim evitar quedas abruptas de valor.

A forma de entender o Maker e o Dai é que eles operam sob uma relação simbiótica onde o objetivo principal é fazer com que o Dai alcance uma paridade de 1 para 1 com o dólar. Para isso, o Maker é utilizado como moeda de controle, bem como as taxas de juros para estabilizar seu preço.

Igualmente, A Maker, plataforma responsável pelas duas moedas virtuais, tem como foco atrair investidores que confiam na estabilidade dessas moedas. Isso com o objetivo de garantir que transações como contas de poupança ou empréstimos sejam feitas em Dai no futuro.

fabricante e dai

▶ O processo Maker e Dai

Tudo começa com a criação de um contrato inteligente denominado CDP (posição de dívida colateralizada). Neste contrato, os usuários enviarão criptomoedas Ether que servem como garantia para a Dai, este depósito permitirá que você receba e crie DAIs. Tudo de acordo com a quantidade de Éter depositada.

Este processo criou uma espécie de taxa de câmbio em que temos que 66 Dai é igual a um Éter, que, por sua vez, é igual a $ 1. Para evitar que uma queda no valor do Ether afete o Dai, o Maker entra no jogo como um regulador, liquidando o Ether antes que o preço caia abaixo do Dai.

▶ Diferenças entre Maker, Dai e Bitcoin

  • De volta: A primeira diferença que podemos encontrar está no suporte que cada moeda recebe. Dai é apoiado por dólares e Ethers, bem como MakerCoins. Bitcoin é apoiado apenas por seu Blockchain.
  • Quantidade de moedas: Um dos pontos fracos, relativamente, visto que isso serve como uma espécie de controle, é o fato de o Maker ter uma quantidade muito mais limitada de moedas do que Bitcoin, Dash ou qualquer outra criptomoeda popular do mercado.
  • Cadeia de blocos: Outra característica é que O Maker não tem seu próprio Blockchain nem funciona sem ele, isso porque usa o Ethereum Blockchain como base. Isso, é claro, com seus respectivos ajustes como a utilização de um algoritmo próprio e a integração de duas criptomoedas em uma plataforma.
  • Não tem propósito próprio: A Maker não trabalha para si mesma, ao contrário, ela trabalha para outra moeda, Dai. E é que, ao contrário do Bitcoin, que opera para ganhar valor no mercado, O fabricante opera para manter o Dai regulado e estável.
  • Segurança: Outra característica que podemos encontrar é que a segurança não se encontra nos blocos ou em processos ou protocolos externos. Eles são os mesmos usuários que são responsáveis ​​por validar a segurança da criptomoeda. Isso aprovando transações feitas com outras criptomoedas.
  • Relação de simbiose: Além disso, você deve saber que sem o Criador não há Dai e sem Dai não há Criador. Isso por causa de Ambas as criptomoedas são responsáveis ​​por trabalhar juntas para garantir a estabilidade do Dai. Como já mencionamos, encontramos mecanismos de governança e emergência nos quais a Maker é responsável por proteger a Dai.

▶ Tecnologia por trás

Para funcionar acoplado ao Ethereum Blockchain, Maker e Dai operam por meio de um sistema de plataforma aberta que é descentralizado. Além disso, um protocolo ponto a ponto é indexado, o que garante a igualdade dos nós e a execução de contratos inteligentes.

As moedas Maker e Dai funcionam através do Ethereum ERC20 Token, um dos mais usados ​​como base para diferentes criptomoedas. Isso ajuda a tornar sua troca muito mais fácil, tornando-os compatíveis com as 20 criptomoedas mais usadas de acordo com os Benchmarks ou índices de benchmarks.

▶ Mineração

A mineração do Maker e do Dai é um tanto peculiar. Isso porque as Makercoins são geradas quando é necessário estabilizar o valor do Dai para que sua mineração não seja constante. Dessa forma, o minerador não recebe comissão pela validação das transações MKR.

Cuando há uma maior demanda por Dai, mais Makercoins também são necessários, o que faz com que o minerador ganhe comissões pela produção de MKR, o que implica a produção de DAI. Isso é um pouco complexo, embora tenhamos o apoio de saber que as Makercoins também servem para votar em parâmetros de risco para contratos inteligentes.

▶ Como obtê-lo?

Como você viu, minerar Dai é impraticável ou simples, a menos que a demanda por Dai aumente, forçando assim a Maker a minerar. Caso contrário, a melhor opção para ter essas criptomoedas é comprá-las.

Hoje em dia, Maker e Dai não são tão populares ou ocupam Tops altos, o que torna difícil encontrá-los. São poucas as casas de câmbio que oferecem este tipo de moeda, por isso é aconselhável fazer uma pesquisa aprofundada antes de efetuar uma transação.

Maker e Dai

Anuncie conosco

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *