Intercâmbios da América Latina: os melhores


Corretor de Bux

As casas de câmbio são uma parte fundamental do processo de compra, venda e uso de criptomoedas. Isso porque, como uma casa de câmbio tradicional, a Bolsa se concentra na troca de uma criptomoeda por outra moeda, digital ou convencional, como moeda fiduciária.

A América Latina não ficou para trás no mundo das criptomoedas, por isso encontramos cada vez mais bolsas focadas em trazer o mundo das moedas para esta região.. É por isso que aqui vamos dizer quais são os intercâmbios mais populares da América Latina.

✨ Troque um: Bitso

Com sede no México, a Bitso é conhecida por ser a primeira plataforma de câmbio latino-americana a ser certificada na Europa graças ao regulamento de Gibraltar (GFSC). Isso permite que os usuários operem com tranquilidade, sabendo que a troca é transparente e segura.

No Bitso podemos encontrar um grande número de funções destacando as mais populares, a troca, compra e venda de moedas. Você também encontrará a opção de consultar o mercado usando o Bitso Alpha. Quanto aos pares, aqui são negociados BTC, ETH, XRP, BCH, LTC, BAT, GNT, TUSD, MANA, DAI, bem como são aceitos pesos e dólares mexicanos, argentinos.

✨ Troque dois: cascalho

Localizada na Argentina, a Ripio é considerada uma das principais bolsas da América Latina, inclusive foi escolhida como uma das pioneiras tecnológicas neste campo pelo Fórum Econômico Mundial. Já as criptomoedas permitem comprar e vender BTC, ETH, ZEC, USDC, BCH, DAI, RCN, LTC, além de utilizar Peso Argentino, Peso Mexicano, Real Brasileiro e Dólar.

Quanto às formas de pagamento / saque, na Argentina permite a utilização de transferências bancárias, Mercado Pago ou dinheiro, em outros países apenas apóia o Mercado Pago e o uso de dinheiro. As comissões variam de acordo com a transação e as criptomoedas ou moedas utilizadas.

✨ Três: Buda

Esta Casa de Intercâmbio no Chile tem uma abordagem única, para garantir que os adultos da América do Sul tenham acesso à economia digital. As ferramentas são oferecidas aqui para entusiastas e investidores profissionais.

Apoiado pelo governo do Chile através da CORFO e MINTIC (Colômbia), Esta troca permite operar com as seguintes criptomoedas: BTC, BCH, ETH, LTC. Em moeda fiduciária só aceita títulos em Fiat, é compatível com diferentes moedas (pesos chilenos, argentinos, colombianos e soles), além disso, suas comissões básicas são baixas, em média 1.2%.

câmbio

✨Quatro: Mercado Criptográfico

A Crypto Market está focada no mundo da segurança oferecendo a você a possibilidade de acessar serviços financeiros mais competitivos. Esta Bolsa está registrada em países como Argentina, Chile, Brasil e Estônia, o que garante seu acesso ao mercado europeu, bem como a segurança dos usuários.

No que se refere às criptomoedas, esta Casa de Câmbio permite operar com as seguintes criptomoedas: BTC, ETH, XLM, EOS, em termos de moeda fiduciária, possui reais chilenos, argentinos, brasileiros e euros. O que mais, pPermite realizar depósitos e retiradas por transferência bancária (Dependendo do país), Mercado Pago e cartões de crédito e débito.

✨ Troque cinco: BitInka

O Peru não fica muito atrás, já que Esta Casa de Câmbio possui dois serviços, o Corretor e o Câmbio. Uma das vantagens da BitInka em relação a outros concorrentes locais é o fato de ter 64 pares para negociar.

Aqui também encontramos benefícios como transações seguras, comissões fixas e também, baixos custos de uso. De acordo com o mesmo site, encontramos aqui as comissões mais baixas do mercado continental, cerca de 0.5% por transação. Algumas das criptomoedas utilizadas nesta Bolsa são: BTC, ETH, DASH, XRP, LTC, USD, PEN, ARS, BRL, COP, CLP, EUR, BOB.

✨ Seis: Volabit

O México volta a aparecer, desta vez com o Exchange Volabit que vem com uma proposta única, uma plataforma simples, fácil de entender e amigável para usuários iniciantes. Isso o torna uma ótima alternativa, especialmente para novos usuários.

Entre os serviços que oferece está a possibilidade de comprar a preços fixos, bem como utilizar o serviço Vexbi que permite comprar ou vender através de Livro de Ofertas. Quanto às criptomoedas, encontramos o seguinte: USDC, BTC, LTC, BCH, XRP. A única moeda fiduciária aceita é o peso mexicano.

✨Seven: Bitex

Com sede na Argentina, esta plataforma Exchange se destaca por possuir um grande número de funções para os usuários. Aqui encontramos concierge, Exchange, Boutique, Pagamentos, API, entre outros. Um dos motivos que o Bitex se destaca tanto é que, junto com a Alto Viaje, ambos conseguiram desenvolver um cartão pré-pago para transporte público que aceita Bitcoin.

Aqui encontramos uma oferta limitada em criptomoedas, BTC e BCH, bem como a possibilidade de utilizar moeda fiduciária como dólares, pesos argentinos e chilenos. Quanto às comissões, elas vão de acordo com cada transação.

✨Oito: Panda

Esta é a primeira Casa de Cambio que encontramos na Colômbia. O Panda Exchange é uma casa desenvolvida pela Panda Blockchain que facilita a operação entre as duas plataformas. Seu principal objetivo é tornar a troca, compra e venda de criptomoedas mais fácil e segura.

Quanto às criptomoedas, aqui só podemos operar com BTC, BCH, ETH, DAI, TUSD, embora só aceitemos dólares, euros e pesos colombianos como moeda fiduciária. As comissões variam dependendo do serviço de transação. As formas de depósito / saque são por meio de transferências interbancárias e Cobru (plataforma de pagamento).

✨ Troca nove: Mercado Bitcoin

Por fim, temos uma casa de câmbio sediada no Brasil que opera através da utilização de 3 tipos de contas: Normal, VIP e Gold. Para se diferenciar do mercado, esta Bolsa tem como principais valores três valores, liberdade, segurança e transferência.

As moedas virtuais aceitas são: BTC, BCH, CHZ, ETH, LTC, USDC, WBX, XRP enquanto em moeda fiduciária só permite operar com reais. O custo das comissões depende da transação efetuada, enquanto nas formas de depósito e saque contamos com a utilização de transferências bancárias, bem como plataforma de pagamento própria.

Exchange América Latina


Corretor LegacyFX

Anuncie conosco

2 comentários sobre «Intercâmbios da América Latina: os melhores»

  1. Jorge G. resposta

    Essa empresa é uma farsa. Meu marido foi enganado, não faça isso, você vai me agradecer depois. Saudações.

    • Corretoresrecomendados.com resposta

      Olá Jorge G., obrigado por comentar em Exchanges in Latin America: The best. Este corretor é um SCAM. Não lhes envie dinheiro, eles querem obter o máximo de dinheiro possível com mentiras, as operações não são reais, eles não colocam o dinheiro no mercado, apenas fazem parecer e no final dizem que você perdeu e eles o mantêm.

      Se para sacar seu dinheiro eles pedem mais para pagar impostos, taxas, legalizações, etc. Não faça isso!É um sinal claro de que eles querem roubar seu dinheiro e não devolverão nada, mesmo que você pague. Se você tiver mais informações sobre a empresa, pedimos que as compartilhe conosco, principalmente se forem informações que você acha que podem ajudar outras pessoas investindo com essa empresa.

      Você tem nomes de conselheiros, números, e-mails dos quais eles entraram em contato com você? Você se lembra de como encontrou esse corretor em primeiro lugar?

      Para receber seu dinheiro de volta, tente nosso chat ou este link: RECLAMA O SEU DINHEIRO, NÓS O AJUDAMOS

      lembranças

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.