Cannabis: Aprenda a Investir


Corretor de Bux

Embora a Cannabis, ou maconha, e seus derivados sejam ilegais em muitos países por ser considerada uma droga, cada vez mais governos decidem legalizá-la. Isso trouxe não apenas benefícios médicos, maior liberdade para comprá-lo ou impactos sobre seus traficantes, mas também gerou uma nova indústria.

Investir em Cannabis pode ser muito lucrativo se você souber como fazê-lo, pois os exemplos de empresas que vendem milhões de dólares em maconha são muitos. É por isso que preparamos para você este guia para investir em Cannabis.

▶ Por que investir em Cannabis?

  • Regulamentos: Mais e mais países tornaram suas regulamentações sobre a maconha mais flexíveis, o que tornou o mercado cada vez mais acessível. Esse é um ótimo motivo, já que você não terá que enfrentar processos judiciais complicados para investir neste setor.
  • Aplicações médicas: O potencial da Cannabis como forma de tratar certas doenças e condições é enorme. E é que a cada dia novas aplicações médicas são descobertas para esta planta, então o potencial da indústria farmacêutica é enorme, o que garante seu valor.
  • Usos recreativos: Como forma de treinamento e recreação, A cannabis vai ganhar muito mais popularidade entre os usuários todos os dias. É por isso que, assim como investir na Netflix, investir em maconha pode trazer muitos benefícios à medida que mais usuários começarem a usá-la como forma de entretenimento ou recreação.
  • Potencial de mercado: Além disso, você deve saber que a maconha tem grande potencial de mercado, pois pode ser utilizada em uma grande variedade de formas e produtos. Hoje, além da forma já conhecida de fumar, encontramos a maconha no óleo, nas pomadas, nos comprimidos e até nos alimentos.

canabis

▶ Perspectivas econômicas para a maconha

Se olharmos os dados, podemos ver como a cannabis se tornou um negócio muito lucrativo depois de ser legalizada. Em 2017, segundo dados de várias organizações, a indústria da maconha ultrapassou os 10 bilhões de dólares em valor.

Além disso, estima-se que até 2020 possam ser faturados até 47 bilhões de dólares, além de gerar mais de 340 mil fontes de empregos. Isso ocorre apenas no mercado dos Estados Unidos, já que a Europa está considerando legalizar a cannabis em suas fronteiras.

▶ Formas de investir 

Existem diversos mecanismos que podemos aproveitar para investir na cannabis, pois nem tudo se limita a plantar a sua planta e a processá-la. Aqui vamos contar as formas disponíveis para investir nesta planta sem a necessidade de semeá-la, cortá-la e entrar em contato com ela.

  1. Empresas de cannabis de capital aberto

A primeira opção disponível para investir em cannabis é por meio do mercado de ações. Para isso, é necessário adquirir ações de uma empresa que esteja listada em bolsa e que se dedique à produção, comercialização ou processamento desta erva.

Essa opção, embora segura, também é difícil, pois a maioria dessas empresas está listada exclusivamente na Bolsa de Valores de Nova York ou na Bolsa de Valores do Canadá.. As corretoras que oferecem acesso a essas bolsas costumam ser caras, principalmente para usuários da América Latina e Europa.

  1. Fundo negociado

Uma das desvantagens de investir em cannabis é que ela pode ser um tanto volátil. É por isso que muitos especialistas recomendam investir por meio de um fundo de câmbio ou ETF. Idealmente, isso é feito por meio de um fundo listado que reúne empresas dedicadas ao cultivo, produção, processamento, distribuição e venda de cannabis.

Atualmente, podemos encontrar diferentes fundos negociados em bolsa, que variam de acordo com as empresas que reúnem. Os fundos mais comuns negociados em bolsa são ETFMG Alternative Harvest (MJ), Emerging Marijuana Growers Index ETF e Horizons Marijuana Life Sciences ETF. O maior é o ETFMG, pois possui mais de 1,100 bilhão de ativos.

  1. Índice de CFDs

Por outro lado, pode-se fazer um investimento em CFD's, que pode ser muito mais fácil, simples e, acima de tudo, acessível. As opções são muitas, pois as corretoras costumam oferecer esse mecanismo a seus investidores.

O BITA Cannabis Stock Index é considerado um dos melhores índices, pois reúne 20 empresas ligadas à maconha. Também podemos encontrar a BITA Global Cannabis Giants USCANNA que abrange 64 empresas do segmento. Assim, podemos encontrar muitos mais índices para investir em CFDs.

▶ Corretor para investir 

Se você quer investir em maconha, esses são os melhores corretores.

  • XTB: Este corretor oferece um CFD montado no índice BITA Global Cannabis Giants USCANNA que agrupa 64 empresas do setorTanto dos Estados Unidos quanto do Canadá com grande capitalização e bom valor.
  • Mais 500: Por outro lado, temos Plus500, um índice que reúne 20 empresas canadenses no setor da cannabis que são negociadas publicamente. A principal característica deste índice é que 4 das empresas atuam no setor farmacêutico, o que lhe dá um grande apoio.

É importante aprender a escolher uma corretora, pois isso influenciará no desempenho de seus investimentos, além de determinar a simplicidade do processo. Embora existam mais opções, as duas corretoras mencionadas acima são a opção mais escolhida por investidores iniciantes e especialistas.

Canabis

▶ O que vem a seguir para a cannabis?

Sem dúvida, mais e mais países aprovam o uso da maconha tanto para fins medicinais quanto recreativos. É por isso que cada vez mais empresas vão decidir entrar neste mercado, seja na produção ou na venda e distribuição.

Em pouco tempo veremos este setor realmente explodir, então os lucros e o valor do seu investimento irão para o céu. A estrada ainda tem um longo caminho a percorrer, mas que melhor maneira de percorrê-la quando está apenas começando do que no final, quando já está saturada.


Corretor de Bux

Anuncie conosco

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.